quarta-feira, 18 de janeiro de 2006

O duro despertar de um criogénico

Em entrevista dada há poucos minutos ao Telejornal da RTP1, Louçã depois de ter proferido a frase «Eu creio que é preciso ser coerente na política! Coerente… e essa coerência é a minha posição!» (1h04m20s), afirmou:
«(…) num país com 1 milhão e 100 mil portugueses reformados com menos de 1 euro por dia (…)» (1h05m35s).
Um euro por dia? Trinta euros por mês? Trezentos e sessenta euros por ano?
E… um milhão e cem mil? Um minuto e 15 segundos após ter dito que a "coerência" era a sua posição?
Em representação numérica: 1.100.000 de reformados? € 360,00/ano?
Está confirmado! Congelou no dia 25 de Abril de 1974!
E depois admiram-se com a possibilidade daqueles jovens rebeldes e atrevidos – ai que fino, juventude tão irreverente! –, que em Coimbra, ergueram uma tarja que tinha inscrita a frase «Todos os porcos capitalistas votam Cavaco porque são fascistas», possam pertencer e/ou votar no Bloco!

Para ver a entrevista, inserida no Telejornal, clique aqui (para ver para crer é necessário dispor da aplicação RealPlayer instalada no seu computador)

1 comentário:

a.leitao disse...

Se fosse em fotografia mandava-se o Xico para o "Portugal no Seu Melhor"