quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

Adeus Cavaco

A ler o excepcional artigo de opinião de Francisco José Viegas publicado na edição de hoje do Jornal de Notícias.

«Cavaco Silva tem pela frente uma tarefa rigorosamente inédita ele é o primeiro presidente eleito que não responde pela herança do PREC ou pela tradição do antifascismo. Trinta anos depois do 25 de Abril, este momento traduz a inauguração de um novo ciclo na vida portuguesa.»
FJV, "Adeus Cavaco", in JN de 26/01/2006.

Destaco, uma vez mais, a abençoada materialização de uma lufada de ar fresco na análise política em Portugal, elaborada, claro está, por um filho de Abril – aliás como todos nós – sem quaisquer veleidades a digno proprietário dos valores, que são universais, emanados pela revolução.

Bravo!

1 comentário:

a.leitao disse...

"...por um filho de Abril – aliás como todos nós..."

Alto lá e pára o baile. Todos não, os "velhotes" ainda não morreram todos.

Só fiquei feliz no dia 25, no dia 26 já estava a fazer as contas há vida...