quinta-feira, 5 de janeiro de 2006

G-9?

«Espanha passa o Canadá…»
In Visão, 05/01/2006

Estava uma manhã assustadoramente fria e seca – 4ºC – na cidade de Madrid. Refugiado no bar da Universidade, bebia o meu regenerado café con leche na companhia de alguns colegas hermanos que se aqueciam, àquela hora madrugadora, com as habituais cañas que, porventura, lhes trariam maiores resultados que o meu anódino e ajuizado caldinho mulato.
Comentávamos a situação política, económica, social e tecnológica dos dois países ibéricos – irmãos tradicional e incompreensivelmente malquistados.
Surpreendeu-me, pela negativa, o parco conhecimento de mis compañeros sobre a importância histórica e o perfil multiculturalista de Portugal, os quais enfatizamos desde o primeiro banco da escola.
As suas preocupações iam para a França, vizinho hostil e chauvinista, que teimava em conquistar o promissor mercado em terras hispânicas.
A economia espanhola crescia a olhos vistos. A natural alegria contagiante das suas gentes engrandecia-se a níveis quase inimagináveis, aos olhos do nosso povo triste, cinzento e irritantemente subserviente.
Cresceram e, mais importante, desenvolveram-se. Viam-se, Sr. Prof. Doutor Boaventura Sousa Santos, viaturas de marca Porsche, Jaguar, Aston Martin, Mercedes, Audi, BMW, Lexus, etc.; vivendas de luxo e condomínios aprazíveis; lojas atafulhadas de clientes.
E isto tudo só para referir uma frase por mim proferida nessa manhã fria e esplendorosa: «Espanha, dentro de pouco tempo, irá ser a 8.ª potência mundial!»
Integrar o G-8?
Zapatero responde: «É bom que se reconsidere o papel internacional de Espanha», in Visão, 05/01/2006.
Por que esperas Ibéria?

1 comentário:

o-sniper-da-gandra disse...

A Espanha não esperou, nem nunca esperará por nós. Por isso, será com muita dificuldade que essa Ibéria conseguirá impor-se no mundo. É certo que dos espanhóis se conta aquela graça de nascerem todos prematuros, porque nem as mães os suportam durante nove meses. Mas lá que têm razões para isso, têm. Tiro-lhes o meu chapéu, ainda que não seja para mendigar esmola.

p.s. - obrigado pela publicidade no teu blog.