domingo, 11 de fevereiro de 2007

Quarenta por cento

O porta-voz da Comissão Nacional de Eleições assegurava na TSF que a percentagem de votantes no referendo de hoje muito dificilmente ultrapassará a marca dos 40%. Até às 12 horas de hoje apenas 11,57% dos inscritos havia exercido o seu direito de voto.

Seguro do infinitésimo contributo para o crescimento da percentagem, eram 15 horas e 49 minutos quando apus a minha cruz no boletim de voto na Alexandre Herculano. O movimento pareceu-me ligeiramente inferior ao das outras votações.

Até às 20 horas, por aqui aguardarei as primeiras projecções à boca da urna, sendo certo que espero com alguma curiosidade de que forma, desta vez, a família Soares infringirá, por declarações prestadas à saída da assembleia de voto, a legislação eleitoral.

3 comentários:

filipelamas disse...

Parabéns pela qualidade do blog!

AMC disse...

Obrigado, Filipe!
Vai-se fazendo o que se pode para exorcizar alguns fantasmas.

JRP disse...

Também votei no Alexandre, mas mais cedo!
Abraço,