quinta-feira, 19 de abril de 2007

Nos Escaparates

Vencedor, na segunda-feira passada, do Pulitzer 2007 na categoria de obra literária de ficção, A Estrada (The Road, 2006) do escritor norte-americano Cormac McCarthy já se encontra à venda em Portugal, editado pela Relógio D’Água, com tradução de Paulo Faria.

Nota: McCarthy também figura na lista de finalistas para o IMPAC Award 2007, com o seu romance de 2005 No Country for Old Men, ainda sem edição em Portugal.





Obras de McCarthy editadas em Portugal, para além de A Estrada:
  • O Guarda do Pomar – Relógio D’Água, 1996 (The Orchard Keeper, 1965);
  • Filho de Deus – Relógio D’Água, 1994 (Child of God, 1974);
  • Meridiano de Sangue ou o Crepúsculo Vermelho no Oeste – Relógio D’Água, 2004 (Blood Meridian, or the Evening Redness in the West, 1985);
  • Belos Cavalos – Teorema, 1994 (All the Pretty Horses, 1992)*.

*Obra que, conjuntamente com The Crossing (1994) e Cities of the Plain (1998), integra a denominada Trilogia da Fronteira do autor norte-americano.

2 comentários:

manuel a. domingos disse...

uma vez li que cormac mccarthy era o escritor que os escritores liam

AMC disse...

De facto, Manuel, McCarthy não é muito amado pelo público e, segundo dizem, sobreavalido pela horda da crítica e dos seus colegas.