segunda-feira, 18 de setembro de 2006

Summertime

O meu conterrâneo “Zero” publicou esta pérola de imensidade interpretativa de Summertime do mestre George Gershwin.
Do conjunto destaco a inesquecível versão de Billie Holliday – uma das minhas preferidas. Depois há Basie, Ellington, Hawkins, Mingus, Peterson, Rollins, Charlie Parker e até o sax tenor de Getz.

Deixo aqui lado na grafonola, durante uma semana, a versão interpretada pelo meu deus vocal, de nome Francis Albert Sinatra, gravada pela rádio a 4 de Junho de 1947, integrada no “The George Gershwin Tribute Show” e editada em CD há três anos pela Sony, Sinatra Sings Gershwin, constando de um extenso medley dedicado a Porgy & Bess de Gershwin.

3 comentários:

zero disse...

Obrigado pela referência

hmbf disse...

Gosto da versão de Chaka Khan, no «Porgy and Bess» de Joe Henderson. Não se aconselha a puristas.

amc disse...

Meu caro Zero, como diz o Manuel Acácio: "não tem nada que agradecer". E complemento, é um prazer.

Henrique, desconhecia por completo essa versão da Chaka Khan.
Há outra versão de Summertime, também não canónica, cantada e tocada por Bobby Womack com The Roots. Consta do álbum de tributo a Gershwin, realizado há uns anos, chamado "Red Hot + Rhapsody". No entanto, a melhor versão - a qual está incluída no mesmo álbum - é a dos Morcheeba com a flauta de Hubert Laws.
Amanhã tentarei colocá-las aqui no blogue.